Confira o regulamento do concurso de Samba de Terreiro da MuM, que começa no dia 20

No final de setembro, a Mocidade Unida da Mooca anunciou que realizará a primeira edição do Concurso de Samba de Terreiro da MuM. A competição terá início em 20 de outubro, a partir das 14, em evento que será realizado na sede social da entidade, no bairro da Mooca, e será coordenado por Raimundo Pereira da Silva, popularmente conhecido como Seo Mercadoria, um dos baluartes da história do carnaval de São Paulo.

O concurso é aberto para os compositores interessados e haverá a distribuição de R$ 2.000 entre os três sambas finalistas. A pré-inscrição já pode ser feitas através do link – encurtador.com.br/hpF1, mas todos deve estar presentes no dia de início do evento para confirmar a disputa no concurso. Confira abaixo as regras:

Regulamento para Concurso de Samba de Roda

São Paulo/SP – Mooca – Outubro de 2018

 

  1. Da Comissão Julgadora

A Comissão Julgadora será formada por alguns integrantes da escola.

 

  1. Da Inscrição dos Sambas

O concurso será aberto a todos e a inscrição poderá ser feita até às 13h, uma hora antes do início do evento, que será realizado no dia 20/10/2018, a partir das 14h, na sede social da Mocidade Unida da Mooca, localizada na Rua Bresser, 2271.

No momento da inscrição é preciso apenas entregar 10 cópias com a letra do samba. Não será necessário a entrega da obra gravada em CD, já que todas as obras inscritas serão gravadas, ao vivo, no dia da apresentação.

 

  1. Da Divisão do Concurso

De acordo com o número de sambas inscritos, poderão – ou não – haver duas apresentações em dias distintos.

Definidas as chaves, caso estas existam, a Direção da Escola estabelecerá o número de sambas a ser eliminado a cada Domingo.

 

  1. Regras Gerais

O sorteio de apresentações dos samba a será realizado meia hora antes do início das apresentações, sendo que um representante de cada obra deve estar presente no momento. Caso não esteja, o samba será o automaticamente o último samba na ordem de apresentação.

Os sambas serão apresentados em uma roda de samba formada por músicos da Mocidade Unida da Mooca e cada grupo de compositores terá o direito de apresentar sua obra em três passagem, sendo a primeira voz e instrumentos de corda e as outras duas com a percussão.

O compositor deverá entregar letras ao publico para que acompanhem a apresentação de sua obra.

 

  1. Formato do Samba

Não haverá um tema específico, porém todos os sambas deverão citar de alguma forma a Mocidade Unida da Mooca, não especificamente o nome da entidade, mas podendo usar outros artifícios para isso.

Também não haverá uma definição do tipo de samba, cada compositor tem o direito de escolher a variação que mais o agrada.

 

  1. Premiação

A Mocidade Unida da Mooca disponibilizará R$ 2.000,00 (dois mil reais) em prêmios para os participantes do concurso, disponibilizados da seguinte forma:

  • Samba Vencedor – R$ 1.200,00
  • Segundo colocado – R$ 500,00
  • Terceiro colocado – R$ 300,00

Os pagamentos serão feitos em dinheiro após o anúncio do resultado final do concurso.

A Mocidade Unida da Mooca também gravará as faixas finalistas, interpretadas pelos intérpretes oficiais da entidade.

 

  1. Dos Compositores

Os compositores das obras inscritas terão que assinar o Termo de Cessão dos Direitos do Samba, para que a Mocidade Unida da Mooca possa gravá-los ou incluí-los em seu repertório e os direitos autorais estarão plenamente garantidos aos compositores e o repasse financeiro sobre tais direitos será pleiteado junto ao ECAD (Escritório Central de Arrecadação).