Eliana de Lima e Dom Marcos gravam o samba de 2019 da Mocidade Unida da Mooca

A comunidade da Mocidade Unida da Mooca – MuM ganhou um grande presente na gravação oficial do samba-enredo 2019. A cantora Eliana de Lima e o intérprete Dom Marcos foram convidados pela agremiação para participarem ao lado dos intérpretes da escola Gui Cruz e Clayton Reis, da faixa da entidade no CD com os sambas de 2019, que está sendo produzido pela Liga Carnaval SP.
Eliana de Lima é considerada uma das grandes vozes do carnaval paulistano, começando a cantar samba na década de 80, na escola de samba Cabeções da Vila Prudente. Teve passagens marcantes pela Unidos do Peruche e Leandro de Itaquera. Além disso, ficou nacionalmente conhecida interpretando sambas românticos, como a música Desejo de Amor.
Dom Marcos é um dos intérpretes e compositores mais conhecidos do nosso carnaval. Fez história como puxando o samba de diversas entidades, como a Nenê de Vila Matilde, Rosas de Ouro e a própria Mocidade Unida da Mooca. O presidente da escola, Rafael Falanga, falou sobre a alegria de tê-los na faixa oficial 2019:
“Nosso enredo conta a história do pavilhão e faz uma grande homenagem à história do carnaval paulistano. Então pensamos em trazer a Eliana e o Dom para dividir a faixa com nossos intérpretes oficiais, promovendo um encontro de gerações de sambistas, algo que é muito comum aqui na Mooca. É muito gratificante dar esse presente para a comunidade da MuM e para os sambistas em geral, estamos ansiosos para que todos ouçam o resultado final”.
No carnaval 2019, a Mocidade Unida da Mooca abrirá os desfiles do grupo de Acesso, em 3 de março, levando para o Anhembi o enredo Manto Sagrado, a História que o Tempo Bordou, que vem sendo desenvolvido pelo carnavalesco Rodrigo Meiners.