MUM Virtual recebe os sambas para 2020

Rumo ao Carnaval Virtual de 2020, tivemos uma alteração no time. Agora, o carnavalesco que fará as artes do novo projeto é o artista Murilo Duarte. Apesar de levar o desenho como um lazer, Murilo tem muito talento e dedicação! Envolvido há um bom tempo com as escolas de samba do mundo virtual, sua experiência abrilhantará a estreia da MUM com o enredo “Metuktire: A saga de um gigante curumim”.

A história do notório cacique Raoni como abstração para a luta indígena como um todo. A narrativa passará desde o surgimento do povo Mebengokrê (o qual Raoni pertence) até à terra prometida sem males e sem exploração. Além disso, não faltará o caráter de protesto, presente nos últimos enredos da escola, afinal “Essa luta é minha. É sua. É da Mocidade Unida da Mooca. Se não lutarmos juntos, como lutaremos? Se não nós, quem? Se não agora, quando?” 

Para o Carnaval 2020, o G.R.E.S. Mocidade Unida da Mooca Virtual recebeu dez sambas concorrentes. Confira:

Samba 1 – Compositores: Thiago Meiners, Thiago Morganti, Jairo Roizen, João Marcos e João Salles

MAPIÁ DIVINA

ABRIGA O PODER DO ANCESTRAL

CUNHÃ DEUSA MENINA

SINA DE PLANTAR UM RITUAL

AOS OLHOS DE QUEM VÊ O AMANHÃ

PINDORAMA ÉS TERRA PROMETIDA

À LUZ DE CURUMIM, O REDENTOR

FLOR DA AMAZÔNIA DESTEMIDA KARIWÁ…

DEVASTANDO O VERDE DA FLORESTA

MANIFESTA O SABER DE RAONI

PELEJA A LUTA QUE ESTÁ POR VIR

É NO SEIO DA MATA, ALDEIA DO XINGU

MATA QUEM DESEJA OPRIMIR

VIVE QUEM ANSEIA PROTEGER

E VER A NATUREZA FLORESCER

KAKARAÔ, A MALDADE DO OPRESSOR

NÃO “INCENDIOU” A CONSCIÊNCIA

CORAGEM QUE JAMAIS SE CALA

FALA QUE ABRAÇA A RESISTÊNCIA

MOOCA! SE HOJE A MÃE TERRA CHORA

POR PRESERVAÇÃO, IMPLORA

“PRESENTE” LUTA POR IDEAIS

Ó CURUMIM, MEU KAIAPÓ

A VOZ DOS ANCESTRAIS

GIGANTES PELA PRÓPRIA NATUREZA

GUERREIROS TUPINAMBÁS

EU TAMBÉM QUERO SER ÍNDIO

PRA BATER O MEU TAMBOR ÔÔÔ

A FALANGE MOCIDADE

SOB AS BENÇÃOS DE TUPÃ

CLAMA POR UM NOVO AMANHÃ.

 

Samba 2 – Compositores: Nininho do Pandeiro e Yago Pontes

HOJE A MOCA VEM LUTAR, VIAJAR

A AVENIDA É A ALDEIA

NESSA SAGA VEM CANTAR FELIZ

UM CURUMIM DE ALMA BRASILEIRA

MAPIA SOLO SAGRADO DE UM LUTADOR

VALENTE,GUERREIRO

RAONI UM GIGANTE REDENTOR

NA GUERRA DOS BRANCOS E ÍNDIOS

USOU A SUA SABEDORIA

UNIU A NAÇÃO E AS ETNIAS

PELAS PELEJAS DA VIDA

GANHOU PROJEÇÃO MUNDIAL

SONHOU COM A TERRA PROMETIDA

FOI EM BUSCA DO SEU IDEAL

COM OS VILLAS BÔAS APRENDEU

HABILIDADES DE OUTRORA

ENTRE OS XINGANOS BRAVO APARECEU

DEFENDENDO A FAUNA E FLORA

NA FORÇA DA PALAVRA FOI A LUTA

NÃO DESISTIU QUANTA BRAVURA

TENTANDO ENCONTRAR A SOLUÇÃO

CONTRA O GARIMPO, DESMATAÇÃO

Ó MEU CAIAPÓ

ÉS O VERDADEIRO DONO DESSA TERRA

CURA ESSE MUNDO SEM AMOR

GUARDIÃO DA NATUREZA

A MOCIDADE NO AFÃ DE ENCONTRAR

UM PARAÍSO, UM LUGAR TUPINAMBÁ

UNIDA NESSA CAUSA VAI A LUTA

A PAZ VAI ETERNIZAR.

 

Samba 3 – Compositor: Ricardinho Mocidade

O CÉU DE TUPÃ CLAREOU.. ILUMINOU..

SEMENTES QUE AQUI BROTARAM

SURGIU O ´´VERDE“ ELDORADO

SOLO DE GUERREIROS ANCESTRAIS

CAIPÓS, DE CULTOS E RITUAIS

PARAÍSO, RECANTO DO BRASIL

PINDORAMA… DE ENCANTOS MIL

ONDE NASCEU UM GIGANTE CURUMIM
PRA LUTAR POR ESSA GENTE,

É CACIQUE ! É RAONI!

AUÊ ! AUÊ! A MINHA TRIBO PROTESTA

SALVE O XINGU! É O CANTO DA MUM !

NÃO FUJO DA LUTA, Ó MEU SINHÔ

JAMAIS SUCUMBIR…..KARARAÔ

EM TANTOS CONTINENTES, SUA VOZ ECOOU…

O MUNDO OUVIU, E A PELE VERMELHA RESISTIU….

HOJE… ELE ESTÁ PRESENTE!

NA PASSARELA, JUNTO AOS SEUS

A GUERREAR…CONTRA A COBIÇA KARIWÁ

PRO CURSO DO RIO NÃO MUDAR

DE PUNHO CERRADO, PEDIMOS JUSTIÇA

ENFIM…HÁ PAZ DESSE CHÃO, DEMARCAÇÃO!

SOU ÍNDIO GUERREIRO…. TUPINAMBÁ

DE ARCO E FLECHA, A MOCIDADE VAI PASSAR!

SOU COMUNIDADE, VALENTE GUERREIRA A MOOCA É RAÍZ VERDADEIRA.

 

Samba 4 – Compositor: Túlio Rabelo

EU SOU MOOCA E VOU CANTAR

A SAGA DE UM GIGANTE CURUMIM

AMOR À LUTA VAI CONTINUAR

SOMOS TODOS RAONI! ​(2X)
LÁ NO CÉU… MAPIÁ

CUNHÃ E OS CELESTIAIS…

UMA IDEIA A CONCRETIZAR

DESCERAM A CORDA MÁGICA

NA TERRA SEMENTES PLANTOU

ASSIM SURGIU O PINDORAMA

E O POVO CAIAPÓ ÔÔ

ÔÔÔÔÔ RAONI NASCEU

CRESCEU EM MEIO A GUERRA CONTRA O KARIWA

O SEU BOTOQUE REMETE A BRAVURA

É TERNURA… UNIÃO, DOM DE CUIDAR​ (2X)
VILLAS BÔAS VEM…

E TRAZ O APRENDIZADO

A LÍNGUA PORTUGUESA

O ÍNDIO GANHA VOZ CONTRA O ESTADO

E O LEGADO SE TORNA INTERNACIONAL

XINGU E TODA A AMAZÔNIA

IRMANADOS… CONTRA TODO MAL

KARARAÔ…

O BELO MONSTRO QUE O ESTADO ACOBERTOU

MOCIDADE É UM BRADO PELA VIDA

QUEREMOS TERRA PROMETIDA​ (2X)

 

Samba 5 – Compositor: João Vidal

O CÉU XINGU RESPLANDECEU

ALVORECEU PRA SAUDAR CURUMIM

DO PINDORAMA, DE CAIAPÓ LUTADOR

EIS O REDENTOR, CURUMIM RAONI

BRAVURA NA “PELE”

QUE ENSINA UNIÃO

PARA PROTEGER, O PEDAÇO DE CHÃO

DE “MONSTROS” DISFARÇADOS DE PROGRESSO

ONDE HÁ UM RETROCESSO

NA PRESERVAÇÃO

PINTA A CARA DE VERMELHO

SE FAZ PRESENTE, VALENTE PRA LUTAR PELO SEU POVO

DA “SELVA VIRGEM” É QUE SURGE A CONSCIÊNCIA

INDIANISMO” NA ESSÊNCIA

PRA VER O ARCO E A FLECHA

EM PAZ NA PRÓPRIA TERRA

E BRADAR NA ALDEIA

PRA COMEÇAR O RITUAL:

BATE O PÉ NO CHÃO (AUÊ, AUÊ)

FIRMA O SOM DO TAMBOR (QUE EU QUERO VER)

FAZER DA MOOCA O PROMETIDO “PARAÍSO”

A LUTA É AGORA

RUMO AO MESMO DESTINO

DE TACAPE E COCAR, ÍNDIO QUER DIGNIDADE

ÍNDIO NÃO “QUER MAIS APITO”

QUER VIVER A LIBERDADE

NA TRIBO MOCIDADE QUE TUPÃ ABENÇOOU

MEU SENHOR!

 

Samba 6 – Compositores: Gabriel Nunes e Iuri Silva

DA TERRA SEMEADA À FLORESTA VERDEJANTE

DO POVO GUERREIRO O ELDORADO CINTILANTE

OS KARIWAS CHAMARAM DE AMAZÔNIA
MORADA DE ÍNDIOS CAIAPÓS

NESSE CENÁRIO ENCANTADOR

NASCE TEU FILHO, O REDENTOR

HERDEIRO DESSA TERRA

DEFENDE COM ARDOR

O SONHO DESSE POVO LUTADOR

ÔH ÔH ÔH

RAONI… O CURUMIM GUERREIRO

TEU CANTAR, A SUA VOZ ECOA…

RESSOA PELO MUNDO INTEIRO

KARARAÔ

TROUXE AO MUNDO IMENSO TERROR

AMEAÇANDO FAUNA E FLORA

NUMA BATALHA QUE NÃO CESSA

E COM RESILIÊNCIA

ÍNDIO É RESISTÊNCIA

NOVAMENTE O VENENO SE ESPALHA

NA VERDADE É UM PROGRESSO QUE AMEAÇA

RENASCE NO POVO A CONSCIÊNCIA ANCESTRAL

E O BEM-VIVER NOS LIVRARÁ DO MAL

SOU TUPI, SOU CHAVANTE

GUERREIRO …

ÍNDIO FORTE BRASILEIRO

EU SOU A MOOCA, RAONI EM ALTO ASTRAL

RESPEITE O MEU CARNAVAL.

 

Samba 7 – Compositor: Flávio Santos

VOU TE MOSTRAR QUE ESTE ÍNDIO TEM PODER

METUKTIRE É VIDA

HOJE SEU CLAMOR VAI ECOAR

NA MOCIDADE UNIDA DA MOOCA NA AVENIDA

DE MAPIÁ O CÉU XINGU

SE ABRE PROS HOMENS CELESTIAIS

QUE DESCEM PARA TERRA ESQUECIDA

BUSCANDO CIVILIZAÇÕES

DA FILHA DE OXUMARÊ

RECEBERAM AS SEMENTES

NASCE PINDORAMA E SEU POVO VALENTE

AMAZÔNIA QUE O KARIWA APELIDOU

ÍNDIOS CAIAPÓS NA CRENÇA AOS ANCESTRAIS

MASCARADOS NOS SEUS RITUAIS

NASCE RAONI, GRANDE CURUMIM

GUERREIRO DEFENSOR DA TERRA

USA DAS HABILIDADES

DOS IRMÃOS VILLAS BOAS

PROTEGENDO SEU POVO DA GUERRA

O HOMEM BRANCO COM A SUA TRAIÇÃO

DESTRUINDO A NATUREZA

COM TAMANHA AMBIÇÃO

O MONSTRO DE CONCRETO FOI ERGUIDO

ACABANDO POUCO A POUCO COM A REGIÃO

O QUE NO PASSADO FOI TRATADO

PALAVRAS AO VENTO DOCUMENTO RASGADO

MAIS A SUA LUTA CONTÍNUA

E OUTROS CURUMINS SAEM PELAS RUAS

SE NÃO LUTAR AGORA, ME DIZ COMO SERÁ?

A TERRA SEM MALES DOS TUPINAMBÁS.

 

Samba 8 – Compositores: Juninho Freitas, Douglas Chará, Henrique Araken, João Paulo de Sá

É MINHA É SUA É NOSSA

DESPERTA PRA LUTA A NAÇÃO GUARANI

CURUMIM … SAI DESSA OCA

RAONI, MOCIDADE DA MOOCA

OH MÃE,

O FRUTO DO VENTRE DAS ÁGUAS NOS PRESENTEOU

COM A SEMENTE DA VIDA …

A TERRA PROMETIDA …

PINDORAMA QUERIDA …

AMAZÔNIA SOFRIDA ….

NAS MÃOS DO PECADO DOURADO

QUE TANTO O HOMEM BRANCO ALMEJOU

NASCI MEBENGOKRE …

AO MUNDO VOU DIZER: AÊ AÊ

KARIWA O QUE QUER FAZER

SOU FILHO DA MATA E DA TERRA

SOU GRITO DE PAZ E NÃO DE GUERRA

A VOZ CAIAPÓ QUE LIBERTA

É RAONI

KARARAÔ OOOOÔ …

O MONSTRO QUE O PROGRESSO CRIOU

KARARAÔ OOOOÔ ….

O FEIO VIROU “BELO” SEM VALOR

SEU GRÃO DA GANÂNCIA COBIÇA E PODER

SEMEANDO O MAL ….

GARIMPA A BONDADE CEGANDO OS HOMENS

COM VIL METAL

VEM VER A MOOCA RENASCER …

VEM TER A CONSCIÊNCIA ANCESTRAL

O SAMBA VAI MOSTRAR PRO MUNDO

A SUA FUNÇÃO SOCIAL

CANTA MEU POVO EM MAIS UM CARNAVAL.

 

Samba 9 – Compositor: Guilherme Mattos

SOU CAIAPÓ, O PRIMEIRO GUARDIÃO

GRANDE RAONI, O MUNDO É SUA OCA

O CURUMIM FRUTIFICA O CHÃO

NASCE ASSIM, A FORÇA DA MOOCA

O OLHAR, DOS HOMENS CELESTIAIS

NO CÉU MAPIÁ

DE IGARAPÉS, MANANCIAIS

A CHUVA PLANTA SEMENTE

CUNHÃ ENTREGA A ESSE GENTE

A FORÇA NATURAL

AS ÁGUAS XINGUANAS

KARIWAS TRAZEM O MAL

A MINHA TERRA SANTA

MAS EMERGE A SAGA DE UM GUERREIRO

SALVE A SELVA VIRGEM POVO BRASILEIRO

PAJÉ AVISOU

DOR KARARAÔ

CACIQUE ESCUTOU

GRITOS DE TERROR

METUKTIRE

MOSTRA SUA BRAVEZA

MOCIDADE PRESENTE

UNIDA, A NATUREZA

O INVASOR

COLHE RIQUEZAS, PLANTA ARDOR

QUEM ME ENGANOU

LEVOU BELEZA, E TODA SUA COR

A PAZ, DA ALMA ANCESTRAL

SE FAZ GUERRA, NO PARAÍSO TROPICAL

MEU BEM VIVER

NECESSIDADE UNIVERSAL

AINDA VOU VER

TERRA LIVRE, DE TODO MAL

SUA LUTA, É MINHA DE TODOS POVOS E, É AGORA

NÃO MAIS SOZINHO

MARCHA SUA TRIBO, BRASIL A FORA
 

 

Samba 10 – Compositor: Vinicius Dalanesi

NA ETÉREA MAPIÁ

DESCEM PELA CORDA ENCANTADA

ABÁS CURIOSOS PELO DESCONHECIDO

E A BELA CUNHÃ DE OLHAR ENTRISTECIDO

ELA TRAZ, EM SUAS MÃOS, TANTAS SEMENTES

A VIDA BRINCA PUERIL EM PINDORAMA

BAILAM CANOAS NO RIO, SÃO OS GUERREIROS PINTADOS DE NEGRO SUBINDO A RIBEIRA EM DIREÇÃO DA ALDEIA

A ALEGRIA ENVOLVE A OCA

O AIN PRONTO PARA NINAR

MAIS UM VALENTE CAIAPÓ

É RAONI, É RAONI

O CURUMIN CRESCEU RESPEITANDO A NATUREZA

A MALDADE HUMANA PRESENCIOU

A SANHA SÓ GERA MAIS ÓDIO

O SANGUE ALIMENTA A DOR

JÁ AS PALAVRAS, “ BEM-DITAS”, ABRAÇAM A HARMONIA

FORJAM ALIANÇAS EM PROL DA CIDADANIA

SOB A LUZ DE SUMÉ A JUSTIÇA VAI TRIUNFAR

RAONI

COM GARRA LUTOU PELA DEMARCAÇÃO

MOSTROU AS FACES DO BRASIL ESQUECIDO

RECONHECIDO PELO MUNDO INTEIRO

TAÍ… O VERDADEIRO MITO BRASILEIRO

AVANTE NAÇÃO DA MOOCA

REÚNA AS VOZES DA FLORESTA

QUE FUTURO QUEREMOS?

QUE LEGADO DEIXAREMOS PRO NOSSO PAÍS?

( AUÊ… AUÊ)

(O PARAÍSO DO AMOR VAMOS RESGATAR… PRESERVAR).