História

A Mocidade Unida da Mooca surgiu na década de 80, a partir do Bloco Solta Franga, que fazia desfiles, na época de carnaval e participava das festas durante o ano, pelo bairro da Mooca. A escola oficialmente fundada no dia 18 de março de 1987.

Em 2009 foi a vice-campeã do Grupo 3 da UESP, com 175,25 pontos, garantindo o direito de desfilar no Grupo 2 da UESP, no ano seguinte, quando conquistou outro vice-campeonato sendo promovida ao Grupo 1.

Para 2013, a escola trouxe um enredo sobre o gás, com patrocínio da Consigaz, tendo em seu microfone principal, o consagrado Bruno Ribas, que dividiu o carro de som com Dom Marcos, Anderson de Deus, Vitor Divinal, Tadeu e Alê Amorim. Nesse ano, a Mocidade terminou na 11 colocação, sendo assim rebaixada.

Em 2014 exaltou Pixinguinha[4], um dos maiores compositores da música popular brasileira, sendo campeã. Em 2016 homenageou a diva Carmen Miranda com o enredo “Carmen Miranda, Made in Brazil” conquistando mais um título com mais de 1 ponto de diferença da segunda colocada na apuração das notas.

No Carnaval de 2017 a escola exaltou a história do Circo, com o enredo “Sob Um Céu de Lona, Um Chão de Estrelas”, em parceria com o Circo Spacial, a escola conquistou o 2º lugar no Grupo 1 da UESP.