Nossa Gente

Comunidade: nosso maior patrimônio.

Que seja eterno e vitorioso nosso laço.

Presidente: Rafael Falanga

Presidente de Honra: Roberto Falanga

Carnavalesco: André Rodrigues

Departamento de Carnaval: Raimundo Mercadoria, Mayara Santos, Andréa Florentino, Vitché e Fabinho Moreira

Diretor Artístico: Marcos Passos

Diretor de Carnaval: Vanderley Silva

Direção de Alegoria: Gabriel Matavo, Luciano Rosa, Diego Falanga e Reinaldo Marques

Departamento de Comunicação: Talitha Dejesus, Luana Araujo, Lucas Mano, Bianca Carolina e Bruno Pompeu

Departamento Financeiro: Larissa Guido 

Comissão de Frente

Coreografada por Nildo Jaffer, a comissão de Frente da MUM tem um diferencial: não trabalha com bailarinos já formados, trabalha com pessoas da escola que vão se moldando, cada um, ao segmento.

Casal de MS & PB

”Brilha, meu pavilhão na passarela!” . O pavilhão da MUM é ostentado por Jefferson Gomes e Monalisa Bueno

Intérpretes

”Escola que canta,ganha!” Os responsáveis pelo canta da Mooca são Guilherme Cruz e Clayton Reis. Os jovens têm como objetivo manter a comunidade para cima e expor o samba de forma engrandecedora e harmônica.

Bateria

É na bateria que pulsa o coração de uma escola.

Sob o comando de Mestre Caik,a Bateria da Mooca encanta todos os departamentos da agremiação e garante vida, emoção e muito ritmo. 

À frente dela contamos com a Rainha, Karoline Moraes, a Madrinha, Maisa Magalhães e a Princesa, Luana Araujo.

Harmonia

Com o intuito de levar um ótimo trabalho para o desfile, o setor de harmonia deve estar sempre trabalhando em conjunto e visando o melhor da escola que tem enorme importância no julgamento do Carnaval.

Na MUM, há quatro diretores de harmonia: Neto Reis, Luiz Leite,Daniel Sena e Dante Baptista.

Velha – Guarda

Se tem um setor que consiste na raiz de tudo que a Mocidade Unida da Mooca construiu é a velha-guarda. O setor é ativo na escola e notoriamente, feliz. Eles estão dispostos a ajudar em tudo que for preciso e não medem esforços para o sucesso da escola. Em uma escola de samba é essencial a presença de pessoas que acompanharam toda a história, desenvolvimento, vitórias e derrotas da agremiação para que a comunidade se lembre de reverenciar os pioneiros dessa jornada.

Baianas

A MUM conta com mulheres fortes e extremamente dedicadas que, certamente, levam um show à avenida. A escola se energiza com o axé que as queridas baianas trazem consigo e se fortalece para carnavais de muita força. 

A importância e grandiosidade desta ala é inenarrável. Elas têm valor histórico no carnaval: representar as “tias baianas”, mulheres que acolhiam os sambistas em suas casas, enquanto esse ritmo era marginalizado e, seus artistas, passíveis de detenção.

Passistas

Atualmente coordenada por Jeferson Costa. Com o intuito de levar muita beleza e samba no ao Anhembi, a ala de passistas da MUM busca evolução constante. É necessário muito trabalho, mas dedicação e amor ao pavilhão é o que não falta para um lindo trabalho. 

Crianças

É nessa fase que deve ser plantada a semente do amor ao carnaval e ao pavilhão: a infância. Sem elas, o clima da escola não seria o mesmo. Com muita alegria, espontaneidade e inocência, as crianças da MUM se fazem presentes a todo momento seja tocando, sambando, nas aulas de Mestre Sala e Porta Bandeira e até mesmo levantando a harmonia dos adultos quando eles não estão tão entusiasmados. Elas são o presente e o futuro de uma agremiação, cabe a elas a responsabilidade de não deixar o samba morrer.