SAMBA MuM 2019

Enredo – Manto Sagrado, a História que o Tempo Bordou
Compositores – Dom Marcos, Gui Cruz, Minuettos, Vitor Gabriel, Portuga, Luciano Rosa, Marçal, Reinaldo e Imperial
Intérpretes – Gui Cruz e Clayton Reis
Participação Especial – Seo Fernando Penteado
Baixe o samba aqui!

 

OOOO TEM KIZOMBA NO TERREIRO,
OOO SALVE O SAMBA VERDADEIRO,
SOU RAIZ DE GENTE BAMBA E NÃO VOU NEGAR
A MOOCA É O MEU LUGAR!

A LUZ DO CANDEEIRO ALUMIOU,
ME FAÇO UM GRIOT AOS PÉS DE UM BAOBÁ,

SOU EU QUEM CHORA O AÇOITE,
NA SOMBRA DA NOITE, QUEM SINGRA O MAR.

SÃO TANTOS SONHOS A BEIRA DO CAIS,
TANTAS LEMBRANÇAS DOS MEUS ANCESTRAIS,
MARCANDO AS TRAMAS QUE A VIDA ME DEU,
HERANÇA QUE NÃO SE PERDEU.
UM FIO DE ESPERANÇA ENFIM RENASCERÁ,
AO SOM DE AGUERÊS E ALUJÁS

PIRAPORA Ê PIRAPORA,
A ROMARIA BOM JESUS ABENÇOOU
TEM JONGO, TEM BATUQUE ATÉ O DIA CLAREAR
LERÊ LERÊ ESCONDIDO DA SINHÁ.

RETALHOS SE ENCONTRAM NO INFINITO,
RIO A BAIXO VAI SEGUINDO A PROCISSÃO,
BEM MAIS QUE PRETO, VERDE E BRANCO OU COLORIDO
EU VEJO O MUNDO NO ESTANDARTE DE UM CORDÃO.
SAUDADE SE TRADUZ EM POESIA,
NUM LINDO PAVILHÃO A TREMULAR,
ÉS A BANDEIRA DO SAMBA, “MANTO SAGRADO”
A TI VOU ME CURVAR